A definição da persona é muito importante para o sucesso de qualquer negócio no marketing digital. Será que o seu negócio está tomando as decisões certas para vender mais e ter sucesso na internet? Para adotar estratégias e conseguir mais seguidores nas redes sociais, é preciso conhecer muito bem a sua persona. Você está fazendo isso pelo seu negócio? Descubra agora.

Neste artigo, você vai saber:

  • RO que é persona
  • RPara que serve a definição da persona
  • RQual a diferença entre persona e público-alvo
  • RQuais são os benefícios de criar uma persona para os seus negócios
  • RComo criar uma persona
  • RComo criar estratégias para a persona

O que é persona

Se você procurar no dicionário, vai encontrar conceitos que podem já adiantar o que é a persona hoje no mundo dos negócios.

A palavra “persona” vem da Grécia e é o nome que se dava à máscara usada pelos atores ao encenar um personagem no teatro. Ou seja: pode-se dizer que é um personagem.

Para o seu negócio, não é diferente: a persona irá representar o seu cliente, ou, será um perfil criado com base exatamente em quem o seu cliente é. Você reúne características que compõem o perfil do seu cliente e cria um personagem com elas. Ela será a sua buyer persona – a sua “personagem compradora”.

Para que serve a persona

Imagine que você está diante do seu cliente.

Como você conversa com ele? Usa termos difíceis ou bem simples? Usa um tom formal ou bem descontraído? Faz piadas ou é bem sério? Vai depender de como ele é, não é mesmo?

Quando conseguimos delinear o perfil de nossa buyer persona, estamos também a um passo de criar a nossa brand persona – a persona da nossa marca. Através dela, adotamos um jeito que combina, que reflete, que se harmoniza com o de nosso cliente. Usamos a brand persona para se aproximar da buyer persona.

A construção da persona auxilia a tomar várias decisões que nos aproximam de nosso cliente, especialmente em ações de marketing digital. Vamos saber onde essa pessoa possivelmente está, vamos falar coisas que são relevantes para ela, vamos dizer tudo do jeito com o qual ela simpatiza. De um modo muito simples, criar uma persona facilita a aproximação com seu cliente.

Qual a diferença entre persona e público-alvo

O conceito de público-alvo surgiu com o intuito de situar nosso cliente no meio de uma massa consumidora.

Definir o público-alvo é trabalhar com um segmento de mercado definido por características comuns, como por exemplo: idade, gênero, renda, localização, escolaridade, e ainda alguns traços psicológicos ou comportamentais.

Sendo assim, um exemplo de público-alvo poderia ser: mulheres, de 15 a 25 anos, da classe C, moradoras da região metropolitana de São Paulo, com ensino médio completo, que costumam comprar maquiagem.

A persona é, como o próprio nome sugere, uma personificação: temos que definir quem é essa mulher. O seu nome é Marina, tem 18 anos, trabalha como recepcionista em um escritório de advocacia na cidade de Osasco, terminou o ensino médio há 1 ano e adora comprar maquiagem pela internet.

Além disso, podemos citar muitas outras coisas, como o que ela gosta de fazer em momentos de lazer, com quem ela reside, quem ela gosta de seguir nas redes sociais, que técnicas de maquiagem ela prefere e, afinal de contas, por que ela gosta tanto de maquiagem – ela se inspira nas colegas advogadas sempre tão arrumadas e sonha ser um dia como elas, seu exemplo de mulher bem-sucedida.

Está vendo a diferença? A persona deixa o consumidor na sua frente.

Quais são os benefícios de criar uma persona para os negócios

Agora que você já sabe o que é uma persona e para que ela serve, vamos ser diretos fazendo uma lista dos principais benefícios disso para o seu negócio:

  • Você passa a produzir um conteúdo relevante para seu consumidor, que será atraído para a sua marca

  • Você otimiza o tempo produzindo uma comunicação direta para seu público, usando uma linguagem mais adequada e interessante

  • Você segmenta muito melhor os seus anúncios e, com isso, reduz seu investimento em links patrocinados

  • Você aumenta as vendas porque tem muito mais leads – ou, seja, consumidores realmente interessados no seu produto ou serviço

  • Você envia e-mails na periodicidade e estilo certos para conversar com seu cliente

  • Você tem muito mais foco utilizando as redes sociais certas e do modo certo

Como criar a sua persona em 5 passos

Não tente adivinhar quem é a sua persona, achando que conhece bem os seus clientes. A tentação de fazer isso é grande, sabemos disso. O correto é seguir esses cinco passos:

1. Reúna dados de seus clientes

2. Realize pesquisas, fazendo perguntas a eles – entrevistas e questionários são os métodos mais usados

3. Analise as respostas com cuidado

4. Monte a persona com base nessa análise

5. Compartilhe a persona com sua equipe

Como criar estratégias para a persona

Sabendo quem é a sua persona, você precisa sempre levá-la em consideração na hora de tomar qualquer decisão.
Você precisa exercitar a empatia de forma integral, ou seja: passe a se colocar no lugar dela. Será que ela gostaria de ler sobre esse assunto? Será que ela pensa dessa forma?
A persona passará a fazer parte do seu dia a dia, em tudo o que você fizer. Vamos a alguns exemplos:

  • Ao precificar um produto ou serviço, pense na percepção que a sua persona terá sobre esse valor.

  • Na hora de criar um site, pense nas formas, cores e conteúdos que serão interessantes para a sua persona, e em como ela navegará pelas páginas.

  • Quando for anunciar, traga a sua persona para o gerenciador de anúncios e busque defini-la em todas as opções que puder.

  • Identifique as necessidades da sua persona em cada fase da sua jornada e utilize as palavras-chave importantes para ela na sua produção de conteúdo.

Gostou do conteúdo?

Que tal saber muito mais sobre marketing digital e como alavancar suas vendas?

Baixe agora o e-book Estratégias de Marketing para Acelerar seu Negócio AGORA e faça o seu negócio decolar!